Follow by Email

segunda-feira, 25 de julho de 2011

Afrodite ou Atena?

"No seu peito bate um coração perfeito, no seu coração dorme um Leão, um leão com uma rosa branca na boca"

Uma garota delicada e suave, de gestos admiráveis, era mais completa do que se deduzia... Ela percorria as ruas da cidade com um olhar ingênuo, quase tímido, e os lábios fechados como quem não havia segredos para guardar. Qualquer um que não a conhecesse lhe taxaria como adolescente, menina, jovem doce, boneca... Mas aquelas bochechas rosadas, lábios carnudos, cabelos despreocupadamente soltos e o olhar que - Enfim - trazia um ar desconcertante e misterioso, escondiam a mulher. Que mulher era aquela ? Uma mulher fraca e sem voz ? Ingênua, sem experiência de vida ? Mulher introspectiva, sem vontade de se mostrar ao mundo ? Não... Ela era a feminilidade madura personificada.

Nenhum comentário:

Postar um comentário