Follow by Email

domingo, 24 de abril de 2011

Hoje é o fim, ou o começo e ponto final.

sábado, 16 de abril de 2011

Sonho real


" Quem olha pra fora, sonha...
quem olha pra dentro: acorda..." Jung






"Sabemos o que somos, mas não sabemos o que poderemos ser." William Shakespeare

Meu desejo mais íntimo é me tornar parte de um sonho, ser a pessoa tranquila e segura diante da vida, principalmente. Antes de sonhar com conquistas sonho em ser alguém com pés no chão e esperança na vida. Acordar para o mundo sem deixar de acreditar nos contos de fadas e misticismos que tanto me encantam. Aquilo que sou hoje é aquilo que sonhei ontem... Minha jornada não sei quanto tempo irá durar, mas sei que farei dela um filme intenso, completo e com a dedicação máxima.

terça-feira, 12 de abril de 2011

CANTO A MIM MESMO

"Sei que sou sólido e são,
para mim num permanente fluir
convergem os objetos do universo;
todos estão escritos para mim
e eu tenho de saber o que significa
o que está escrito." Walt Whitman


Acho que esse é, provavelmente, um dos poemas mais famosos desse poeta maravilhoso. Pode ser que Whitman não fosse tão ilustre quanto outros de sua época, como Charles Baudelaire ou Manoel de Barros(no Brasil) mas foi aquele que me trouxe reflexões tão perfeitas em momentos tão únicos, tornando-o, pra mim, um poeta eternamente ardente e vivo. Outros versos lindos desse poema são:

"Estão todas as verdades
À espera em todas as coisas:
Não apressam o próprio nascimento
Nem a ele se opõem;

[...]

Sermões e lógicas jamais convencem;
O peso da noite cala bem mais
Fundo em minha alma.

Só o que se prova a qualquer homem ou mulher,
É o que é;

Só o que ninguém pode negar,
É o que é. [...]"

domingo, 3 de abril de 2011

Liberdade eterna

Gostaria de sentir aquele olhar cruzando com o meu... Mas o Condicional foi usado com sabedoria.
Hoje percebi - Finalmente - que a história não vingaria, era apenas mais um capítulo de minha biografia, um capítulo cheio de inocência, transbordando ilusões de menina-mulher, às vezes mais menina, às vezes mais mulher. Era belo, puro mas ao mesmo tempo misterioso e envolvente, um misto que criara algo quase místico... Talvez seja bobagem, tantos adjetivos... No fundo era imaginação, sonho ! Mas para os sonhos não existem limites nem ética, são apenas sonhos, baseados no desejo mais efêmero... Cheguei a pensar... Prefiro viver um amor eterno de juras efêmeras a um amor efêmero de juras eternas. Um pensamento que permite muitas interpretações , mas não gosto de limitações, gosto das asas... asas da mente, asas dos sentimentos, da maturidade, da juventude, asas simplesmente livres para perseguir sonhos eternamente.

Estrelas a cair

Às vezes eu me sinto como um pássaro com asas quebradas... Às vezes eu temo o meu agora e invejo onde eu estive antes. Mas é quando a sabedoria quieta me faz o exame de controle, pelo menos eu comecei uma história nova, que ninguém jamais contou. Eu aprendi finalmente dizer: O que será, será. Eu aprendi a aceitar o bem, o mal e finalmente consegui respirar... Porque embora nós gostaríamos de saber o que a vida nos reservou, ninguém sabe se as estrelas cadentes pousarão e no fundo nem gostaríamos que assim fosse. Use estes dias ingênuos para pôr sua esperança em equilíbrio, esperança pura... Imite uma criança, caia para trás na água, rie sem limitações... Sem deixar que os medos lhe conduzão à cegueira. E agora me tenho sob-análise...
É a corda que me guia, enquanto se desgasta finamente ?
Eu estou desabando pelo suposto amor da vida ?
É o peso na mente, um pássaro pesado engaiolado...

Diga:
O que será, será. E aceite que as coisas nunca estão sob o nosso total comando, afinal ninguém sabe quando as estrelas cadentes chegarão. Mas apesar disso, elas sempre chegam.