Follow by Email

terça-feira, 12 de abril de 2011

CANTO A MIM MESMO

"Sei que sou sólido e são,
para mim num permanente fluir
convergem os objetos do universo;
todos estão escritos para mim
e eu tenho de saber o que significa
o que está escrito." Walt Whitman


Acho que esse é, provavelmente, um dos poemas mais famosos desse poeta maravilhoso. Pode ser que Whitman não fosse tão ilustre quanto outros de sua época, como Charles Baudelaire ou Manoel de Barros(no Brasil) mas foi aquele que me trouxe reflexões tão perfeitas em momentos tão únicos, tornando-o, pra mim, um poeta eternamente ardente e vivo. Outros versos lindos desse poema são:

"Estão todas as verdades
À espera em todas as coisas:
Não apressam o próprio nascimento
Nem a ele se opõem;

[...]

Sermões e lógicas jamais convencem;
O peso da noite cala bem mais
Fundo em minha alma.

Só o que se prova a qualquer homem ou mulher,
É o que é;

Só o que ninguém pode negar,
É o que é. [...]"

Nenhum comentário:

Postar um comentário